Buscar
  • Paquisa Mazzola

Como validar modelos de negócios?


A cada ano milhões, sim, na casa dos milhões, de novos negócios são abertos no Brasil. Um dado com referência à 2014 segundo a instituição SERASA Experian, foram 1.865.183 de novos negócios! Deste número, é cada vez mais expressivo o percentual de negócios voltados para a área de serviços.

Acredito, por puro feeling, que em 2015 esse número deve ter sido igualmente alto, ou até maior, dado a situação econômica que o país passa e de certa forma, algumas vezes não planejada, incentiva o empreendedorismo. Isso poderia ser assunto para um longo debate, palestras, artigos etc. O fato aqui é, todo e qualquer negócio só existe com base em uma ideia. Pode ser uma ideia genial e super inovadora, ou algo já existente que já é sabido o potencial de alcançar certo sucesso, enfim, sem uma ideia, um negócio não existe.

Ai você se percebe na seguinte situação:

- Quero empreender!

- Tem uma ideia?

- Sim!!!

- Tem um modelo de negócio para sustentar essa ideia?

- Hummm, sim!

- Validou esse modelo de negócio?

- Oi? Como faço isso?

Pois é! Essa é uma dúvida recorrente e algumas vezes essa validação é feita de maneira instintiva… sem qualquer critério, método, indicador. Pode dar certo! Mas a chance de não dar certo se você não fizer absolutamente nada é enorme. E ai vem a frustração, a ideia de que empreender não é pra mim, ou, negócios com ideias menos inovadoras vão para frente, porque a minha ideia não vingou?

Aqui não estamos falando que para uma ideia ser bem sucedida deve-se validar o modelo de negócio e Ah há! Meu negócio terá sucesso. Existem outros inúmeros agentes que irão influenciar seu negócio. Mas é justamente nessa fase que você irá perceber: 'É, minha ideia não é tão boa assim!' Ou, 'Estava certo sobre algumas crenças e aprendi que devo reestruturar isso ou aquilo'.

Nenhum chef cria um menu novo, sem antes testar, validar, apresentar para algumas pessoas experimentarem e ouvir suas opiniões…. Só ai que o menu novo é apresentado. Posso estar falando a maior besteira porque não entendo nada de cozinha, mas ao menos que o chef seja muito, mas muito confiante e estrelado com 3 Michelins, é importante validar antes de apresentar para o mercado.

Parece um pouco óbvio tudo isso… mas, muitos empreendedores não o fazem. E não precisa ser exclusivo de empreendedores… uma área de inovação e desenvolvimento de novos produtos e serviços de uma empresa também precisa se atentar à isso. Ter uma boa ideia é fundamental, mas ela pode ser, simplesmente, só uma boa ideia. Como essa ideia se comporta na prática?

Algumas dúvidas que surgem nessa fase é: devo fazer um modelo de negócio, ou um plano de negócio super estruturado? Eu diria que os dois, mas em momentos diferentes.

Como disse lá atrás, todo negócio, produto ou serviço nasce de uma ideia. Geralmente antes de se definir por uma ideia em particular, muitas outras já passaram pela sua mente, e por algum motivo, critério ou oportunidade você decidiu por uma! Pois bem… ai entra a fase de estruturar um modelo de negócio.

Modelo de negócio x Plano de negócio

Modelo de negócio

Existem algumas ferramentas para você estruturar o seu modelo de negócio. O já tão conhecido Business Model Canvas é muito útil, pois no meu entendimento possibilita em uma única folha, visualizar os principais aspectos ao se pensar na criação de um negócio. Basicamente você precisa conhecer muito bem os atributos, características e proposta de valor que o seu produto, serviço ou ideia oferecem. Precisa estar claro quais os recursos necessários para implementar seu negócio e quais as fontes de receitas que prevê entrar? Conhecer muito bem quem são seus clientes e quais os parceiros? E, claro, por quais canais irá oferecer e vender seu produto/ serviço/ idéia.

Isso é algo relativamente fácil de fazer. Digo relativamente, pois muitas dessas informações trarão dúvidas e mais dúvidas na sua cabeça, mas é um começo para dar forma à sua ideia.